Concurso para 1 bolsa de doutoramento (sobre os crioulos luso-asiáticos) - Plazo: 31 de mayo

Centro de Linguística da Universidade de Lisboa

 

 

 

Centro de Linguística da Universidade de Lisboa

 

Aviso de Abertura do Concurso para 
Atribuição de Bolsas de Investigação para Doutoramento

 

 

O Centro de Linguística da Universidade de Lisboa (CLUL) abre concurso para atribuição de uma (1) bolsa de investigação, adiante designada por Bolsa de Investigação para Doutoramento, na área do Contacto de Línguas, ao abrigo do Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT (RBI) e do Estatuto do Bolseiro de Investigação (EBI).

A bolsa será financiada pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) ao abrigo do Protocolo de Colaboração para Financiamento do Plano Plurianual de Bolsas de Investigação para Estudantes de Doutoramento, celebrado entre a FCT e a Unidade de I&D Centro de Linguística da Universidade de Lisboa (CLUL), (UIDB/00214/2020 - UIDP/00214/2020).

 

 

1. APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURA

 

O concurso está aberto entre 1 de abril de 2021 e 31 de maio de 2021.

As candidaturas e os documentos de suporte à candidatura previstos no presente Aviso de Abertura de Concurso devem ser submetidos, obrigatoriamente, por correio eletrónico para o endereço de email do secretariado do CLUL: silvanaabalada@campus.ul.pt.

Cada candidato poderá submeter apenas uma candidatura, sob pena de cancelamento de todas as candidaturas submetidas.

A prestação de falsas declarações ou a realização de atos de plágio por parte dos candidatos é motivo para cancelamento da candidatura sem prejuízo da adoção de outras medidas de natureza sancionatória.

 

 

2. TIPO E DURAÇÃO DAS BOLSAS

 

As bolsas de investigação para doutoramento destinam-se a financiar a realização, pelo bolseiro, de atividades de investigação conducentes à obtenção do grau académico de doutor em universidades portuguesas.

As atividades de investigação conducentes à obtenção do grau académico de doutor decorrerão no Centro de Linguística da Universidade de Lisboa, da FLUL, a qual será a instituição de acolhimento dos bolseiros, sem prejuízo dos trabalhos poderem ser realizados em colaboração entre mais do que uma instituição.

As atividades de investigação conducentes à obtenção do grau académico de doutor dos bolseiros selecionados devem estar enquadradas no plano de atividades e estratégia do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa, da FLUL, e devem ser desenvolvidas no âmbito do Programa de Doutoramento em Linguística da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

O plano de trabalhos deverá decorrer integralmente nesta instituição (bolsa nacional), sem prejuízo de poder contemplar alguma curta mobilidade internacional (até um semestre) para pesquisa considerada revelante. A duração da bolsa é, em regra, anual, renovável até ao máximo de quatro anos (48 meses), não podendo ser concedida bolsa por um período inferior a 3 meses consecutivos.

 

 

3. DESTINATÁRIOS DAS BOLSAS

 

A Bolsa de Investigação para Doutoramento destina-se a candidatos inscritos ou a candidatos que satisfaçam as condições necessárias para se inscreverem no Programa de Doutoramento constante no ponto 2 do presente Aviso e que pretendam desenvolver atividades de investigação conducentes à obtenção do grau académico de doutor no Centro de Linguística da Universidade de Lisboa, ou em instituições de acolhimento a ela associadas.

 

 

4. ADMISSIBILIDADE

 

4.1 Requisitos de Admissibilidade do Candidato

 

Podem candidatar-se ao presente concurso:

• Cidadãos nacionais ou cidadãos de outros Estados membros da União Europeia;

• Cidadãos de Estados terceiros;

• Apátridas;

• Cidadãos beneficiários do estatuto de refugiado político.

 

Para concorrer a Bolsa de Investigação para Doutoramento é necessário:

• Ser mestre na área da Linguística ou em áreas consideradas afins;

• Não ter beneficiado de uma bolsa de doutoramento ou de doutoramento em empresas diretamente financiada pela FCT, independentemente da sua duração.

 

4.2 Requisitos de Admissibilidade da Candidatura

 

É indispensável, sob pena de não admissão ao Concurso, anexar à candidatura os seguintes documentos, redigidos em língua portuguesa ou inglesa:

• Elementos do bilhete de identidade/cartão de cidadão/passaporte;

• Curriculum vitae do candidato;

• Certificados de habilitação dos graus académicos detidos, especificando obrigatoriamente a classificação final e, se possível, as classificações obtidas em todas as disciplinas realizadas, ou, em alternativa, declaração de honra do candidato em como concluiu o grau de mestre até ao final do prazo de candidatura;

• Registo de reconhecimento dos graus académicos atribuídos por instituições de ensino superior estrangeiras e registo da conversão da respetiva classificação final para a escala de classificação portuguesa, ou, em alternativa, declaração de honra do candidato em como obteve o reconhecimento do grau estrangeiro equivalente ao de mestre até ao final do prazo de candidatura;

• Carta de motivação com extensão máxima de 1000 palavras;

• Uma carta de recomendação;

• Qualquer outro tipo de documentação que seja relevante no âmbito da candidatura.

 

Relativamente aos requisitos de admissibilidade acima mencionados faz-se notar o seguinte:

• No caso de graus académicos atribuídos por instituições de ensino superior estrangeiras, e por forma a garantir a aplicação do princípio da igualdade de tratamento a candidatos que detêm graus académicos estrangeiros e nacionais, é obrigatório o reconhecimento desses graus e a conversão da respetiva classificação final para a escala de classificação portuguesa.

 

O reconhecimento de graus académicos e diplomas estrangeiros bem como a conversão da classificação final para a escala de classificação portuguesa pode ser requerido em qualquer instituição de ensino superior pública, ou na Direção-Geral do Ensino Superior (DGES, apenas para o caso do reconhecimento automático). Relativamente a esta matéria, sugere-se a consulta do portal da DGES através do seguinte endereço: http://www.dges.gov.pt.

• Só serão admitidos candidatos que tenham concluído o ciclo de estudos conducente ao grau de mestre até ao final do prazo de candidatura. Caso ainda não disponham da certidão de conclusão de curso, será aceite declaração de honra dos candidatos em como concluíram as habilitações necessárias para efeitos do concurso até ao final do prazo de candidatura. A concessão da bolsa está sempre dependente da apresentação dos comprovativos da titularidade das habilitações académicas necessárias.

 

 

5. PLANOS DE TRABALHO E ORIENTAÇÃO CIENTÍFICA DAS BOLSAS

 

O Programa de Doutoramento em Linguística é um ciclo de estudos constituído por 240 ECTS, sendo a tese apresentada no final do oitavo semestre. Um percurso normal pressupõe a conclusão do doutoramento no final do quarto ano do curso.

O objetivo final é a produção de uma tese de doutoramento na área de contacto de línguas que aborde características linguísticas recorrentes no conjunto dos crioulos de base lexical portuguesa da Ásia (Índia, Sri Lanka, Malaca, Java, Macau), sob uma perspetiva diacrónica e/ou sincrónica, a partir do estudo comparativo destas línguas. Faz-se igualmente notar que a realização de um plano de trabalhos com estas características não dispensa o candidato admitido de realizar, de acordo com a equipa de orientação que lhe venha a ser atribuída, determinada(s) unidade(s) curricular(es) que complemente(m) a sua formação de maneira a ganhar as competências necessárias para o cumprimento dos objetivos enunciados e/ou de participar em projetos de investigação relacionados com a referida linha de investigação.

 

 

6. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

 

Ler mais

 

 

Publicado: 6/4/21

 

**********************************